22 de setembro de 2010

CONVÊNIO DO BATISMO

“Fizemos um convênio, nas águas do batismo, comprometendo-nos a amar (ao Senhor),
servi-Lo e guardar Seus mandamentos e a colocar em primeiro lugar o Seu reino. Em
troca, Ele nos prometeu vida eterna no reino de Seu Pai (...).
A lei do sacrifício é aquela pela qual nos dispomos a sacrificar tudo o que temos pela
verdade—nosso caráter, reputação, honra e glória; nosso bom nome entre os homens;
nossa casa, terras e família: todas as coisas, até mesmo a vida, se for preciso (...).
Nem sempre somos chamados a viver toda a lei de consagração e dar todo o nosso
tempo, talento e recursos para a edificação do reino de Deus na Terra. Poucos de nós
somos chamados a sacrificar muito do que possuímos e, no momento, há somente um ou outro mártir ocasional na causa da religião revelada.
Entretanto (...) temos que nos tornar capazes de viver plenamente essas leis, se para isso formos chamados.” (Bruce R. McConkie, Conference Report, abr. de 1975)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

compartilhe