24 de fevereiro de 2014


"Vinde a mim", Jesus falou E seu exemplo nos deixou
Para podermos nos guiar E em seus passos caminhar.

"Vinde a mim", falou Jesus Mostrando a senda que conduz
O oprimido coração Pelas veredas do perdão

Basta, então, somente ouvir, Fazer convênios sem cumprir?
Não, pois nos rege um dever Ao qual fiéis devemos ser.

Não só devemos imitar A sua vida exemplar
Neste estado terreal Mas, sim, também no imortal

Vamos em frente prosseguir Pela estrada do porvir
Seguindo os passos do Senhor Seja em que estera for.

Tronos, domínios e poder Glória eterna vamos ter
Sempre ouvindo até o fim Ao seu chamado: "Vinde a mim".

Texto: John Nicholson, 1839-1909
Música: Samuel McBurney, n. 1847





Certa vez eu li a expressão: "encarar a música", originada no Japão com a Orquestra Imperial. Pertencer àquela orquestra era algo de muito prestígio e havia um homem que queria desesperadamente participar dela. Ele sonhava em se apresentar para o imperador, mas não tinha qualquer talento musical. Esse homem era muito rico. Então ele ofereceu ao maestro uma grande quantia em dinheiro para que permitisse sua entrada na orquestra.

O maestro aceitou a oferta e deu-lhe uma flauta. Porém, instruiu-lhe para que, enquanto a orquestra tocasse, ele apenas segurasse a flauta junto aos lábios e movesse os dedos para dar a impressão a platéia de que ele estava realmente tocando. E, assim, aquele homem tornou-se membro da Orquestra Imperial. Ele fingia tocar sua flauta e todos pensavam que ele era um grande músico. Seu sonho de apresentar-se diante do imperador havia se realizado.

No entanto, certo dia um novo maestro assumiu o comando da orquestra e queria descobrir quão bons seus músicos eram. Por isso, anunciou que faria testes individuais com cada músico da Orquestra Imperial. O tal homem estava simplesmente apavorado, porque ele não sabia tocar uma única nota sequer. Seu fingimento havia sido desmascarado e ele foi forçado a admitir que era tudo uma farsa. Ele não pode "encarar a música."

Um dia estaremos diante de Deus. E, embora algumas pessoas consigam enganar brilhantemente outras pessoas, elas terão que "encarar a música". Se elas não tiverem sido sinceras, vão ser desmascaradas.

E você, como vai se apresentar? Talvez você até tenha conseguido enganar muito bem outras pessoas durante a sua vida toda. Mas, lembre-se: você não poderá enganar a Deus.
D.D.

22 de fevereiro de 2014

O exemplo dos pais pode conduzir um filho à segurança, 
retidão e felicidade.


20 de fevereiro de 2014

NUNCA É TARDE PARA EXERCER A FÉ!

































                      Eu sei que vive Meu Senhor


19 de fevereiro de 2014

Que alegria ter esta certeza...



18 de fevereiro de 2014

Esperança é a expectativa e o anseio confiantes pelas bênçãos prometidas aos justos. As escrituras frequentemente se referem à esperança como a expectativa da vida eterna pela fé em Jesus Cristo.

A palavra esperança às vezes é mal compreendida. Em nossa linguagem do dia-a-dia, a palavra frequentemente denota incerteza.(...) Na linguagem do evangelho, porém, a palavra esperança é segura, inabalável e ativa. Os profetas falam de uma “firme esperança” (Alma 34:41) e uma “viva esperança” (I Pedro 1:3). LDS




Se segurarmos a mão (...) e seguirmos os passos do Salvador, todos retornaremos ao nosso Lar Celestial e estaremos seguros nos braços do Pai Celestial.
Rosemary M. Wixom



VAMOS REFLETIR!




“A vida é boa se vivermos de maneira a torná-la assim.” 

(...) é o resultado do modo como fazemos as coisas, das palavras que escolhemos dizer e até do tipo de pensamentos 
que escolhemos ter.
Élder Benjamín de Hoyos



17 de fevereiro de 2014

“Lar, lar, doce, doce lar, ainda que seja humilde, 
não há lugar como o lar.”

“A felicidade na vida familiar é mais provável de ser alcançada quando fundamentada nos ensinamentos do Senhor Jesus Cristo. O casamento e a família bem-sucedidos são estabelecidos e mantidos sob os princípios da fé, da oração, do arrependimento, do respeito, do amor, da compaixão, do trabalho e de atividades 
recreativas salutares”
Presidente Thomas S. Monson



O evangelho de Jesus Cristo 
desafia-nos a mudar. 
O “arrependimento” é a mensagem que ouvimos mais freqüentemente, e arrepender-se significa abandonar todas as nossas práticas pessoais, familiares, étnicas e nacionais que sejam contrárias aos mandamentos de Deus. O propósito do evangelho é transformar criaturas comuns em cidadãos celestiais, 
e isso exige mudanças.
ÉLDER DALLIN H. OAKS





16 de fevereiro de 2014

Esperar no Senhor: Seja Feita a Tua Vontade

Todos temos testes e provações.

Esses desafios mortais permitem que nós e nosso Pai Celestial vejamos se vamos exercer nosso arbítrio para seguir Seu Filho. Ele já sabe, e nós temos a oportunidade de aprender que, não importa quão difíceis sejam as nossas circunstâncias, “todas essas coisas nos servirão de experiência e serão para o nosso bem”.
Élder Robert D. Hales









15 de fevereiro de 2014



Maria Lúcia Estaca Martins Silva
Junta Geral das Moças

Pela primeira vez na história, a Igreja terá uma irmã brasileira servindo na Junta Geral das Moças. No último dia 7 de fevereiro, por meio de uma videoconferência, a irmã Maria Lúcia Estaca Martins Silva foi chamada para servir na junta geral, pelo Élder D. Todd Christofferson, do Quórum do Doze Apóstolos, com a presença do Élder Gavarret, segundo conselheiro na presidência da Área Brasil.

Na ocasião, o Élder Christofferson explicou sobre as mudanças que vão ajudar as organizações de mulheres SUD a acompanharem o crescimento mundial da Igreja. A nova junta geral das Moças vai incluir irmãs que residem fora de Salk Lake City. Quatro irmãs foram chamadas para servir junto à presidência Geral das Moças, e que se reunirão semanalmente utilizando os recursos de videoconferência. Elas são membros da Igreja na África, no Brasil, no Japão e no Peru. Uma irmã que reside em Nova York também foi chamada.

Essas mudanças estão sendo anunciadas semanas antes da nova Reunião Geral das Mulheres, dirigida às meninas, às moças e às mulheres da Igreja, substituindo as reuniões gerais da Sociedade de Socorro e das Moças que foram realizadas durante décadas. Estão previstos também treinamentos globais integrados para as mulheres da Igreja em todo o mundo, em harmonia com as prioridades proféticas.

Expressando os seus sentimentos, a irmã Maria Lúcia Martins Silva manifestou sua total surpresa em receber esse chamado, considerando ser um grande privilégio e uma bênção maravilhosa servir junto à presidência geral das Moças. Reconhecendo suas limitações, ela declarou com fé que “o Senhor completa tudo o que não temos, para nos qualificar para o trabalho em seu Reino”.

Em entrevista recente ao jornal Church News, a irmã Bonnie L. Oscarson, presidente geral das Moças, declarou que essas novas irmãs "serão os olhos e os ouvidos para nós em diferentes partes do mundo". As presidências gerais da Primária, das Moças e da Sociedade de Socorro estão iniciando uma nova fase de intercâmbio de informações das respectivas juntas gerais, em preparação para os treinamentos globais a serem ministrados às irmãs acima de oito anos em todo o mundo.  “Esta é uma Igreja mundial”, continuou ela: “Precisamos enviar a mensagem às mulheres de todo o mundo de que o Senhor Se preocupa com elas. Isso torna a Igreja mais próxima. Precisamos ajudar as mulheres da Igreja a saberem o quanto elas são essenciais para esse trabalho. Todas são necessárias”.

A irmã Maria Lúcia Estaca Martins Silva tem uma longa experiência de serviço na Igreja. Tendo servido nas Moças, na Escola Dominical, na Sociedade de Socorro e na História da Família, ela também colaborou na revisão de textos para publicação na revista “A Liahona”. Após acompanhar o chamado de seu marido, o irmão João Roberto Costa Martins Silva, como presidente da Missão Brasil Fortaleza em 1993, ela teve o privilégio de apoiá-lo como encarregado do Comitê Executivo da Dedicação do Templo de Manaus, em 2012. A irmã Maria Lúcia tem um bacharelado em Letras na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, de onde é natural. É filha de José Estaca e Maria Paes de Figueiredo. Partindo dos pais, ampliou grandemente a história da família e de seus antepassados.

O irmão João Roberto Martins Silva foi secretário executivo de estaca, bispo, conselheiro de estaca, presidente de missão e setenta de área. É formado em Orientação Educacional pela FMU. Atualmente serve como diretor regional do S&I e assessor de história da família da Área Brasil. O casal tem dois filhos e seis netos. Pertencem à Ala Cidade Leonor, na Estaca São Paulo Sul.
http://lds.org.br/a-presidencia-das-mocas-amplia-a-sua-junta-geral

13 de fevereiro de 2014


O Privilégio de Orar
Jesus disse:
“E qual de entre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra?

E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente?

Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?” (Mateus 7:9–11).




9 de fevereiro de 2014

(...) e os homens existem para que tenham alegria...



A Eternidade é logo ali!
( Dade )




8 de fevereiro de 2014

(...) Com o tempo, ao aprendermos a nos deleitar nas escrituras, exclamamos como o salmista: “Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca”.
ÉLDER ENRIQUE R. FALABELLA



Pois eis que assim diz o Senhor Deus:
Darei aos filhos dos homens linha sobre linha, preceito sobre preceito, um pouco aqui e um pouco ali; e abençoados os que dão ouvidos aos meus preceitos e escutam os meus conselhos, porque obterão sabedoria; pois a quem recebe darei mais; e dos que disserem: Temos o suficiente, destes será tirado até mesmo o que tiverem.
2° Néfi 28:30



6 de fevereiro de 2014

Vinde ao profeta escutar, Ouvi a voz de Deus.
E na verdade jubilar, Cantando os feitos seus.
Antigamente Deus mandou Profetas a pregar,
Um novo servo enviou O evangelho restaurar.

A longa noite de terror Na terra dominou 
Mas Cristo é nosso Salvador, Seus feitos Deus mostrou
O mal no mundo sem amor A todos fez errar
Mas hoje a obra do Senhor Vem tudo restaurar.

Os santos não confiarão Em glórias temporais
Em Cristo sempre esperarão Recompensas eternais
Sinais por sua fé terão Os que seguem a Jesus
Caminho reto trilharão Andando em sua luz.

Ouvidos à verdade dai, Da eterna fonte a fluir
E a lei de Deus com fé guardai E a esperança no porvir
Ouvi o Rei a proclamar: "Um reino ireis receber,
Alegria e júbilo no excelso lar Onde glória haveis de ter".
Hino SUD


5 de fevereiro de 2014


Faz-me Andar Só na Luz! 
Quero aprender a seguir ao Senhor,  Quero aprender a orar com fervor,

Quero o saber que à glória conduz, Faz-me, faz-me andar só na luz.

Vinde, filhinhos, eu vou ensinar Os mandamentos que podem levar
De volta ao lar onde habita Jesus Sempre, sempre andando na luz.

Bom Pai Celeste, queremos Te dar Graças por Tua bondade sem par,
Por nos mandares Teu Filho Jesus, Para, para que andemos na luz.
Hino Primária SUD


Ocorreu um erro neste gadget