27 de janeiro de 2014

(...) Nosso bál­sa­mo de Gileade assu­me várias for­mas, 
por­que nós o apli­ca­mos com as mãos e o cora­ção.
ELAINE L. JACK

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget